IMPARCIAL!!

Presidente do TRF condena Lula inapelavelmente na capa do Estadão

por Conceição Lemes
Está nas mãos dos três desembargadores da 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região  (TRF-4) o recurso da sentença do juiz Sérgio Moro que condenou o ex-presidente no caso do triplex.
Pois no Estadão de hoje, o presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, já decretou, como bem observou Fernando Brito, no Tijolaço, que a sentença de Moro “é tecnicamente irrepreensível, fez exame minucioso e irretocável da prova dos autos e vai entrar para a história do Brasil”.
Carlos Eduardo é neto de Carlos Thompson Flores, nomeado para o Supremo Tribunal  Federal (STF), em 16 de fevereiro de 1968, pelo general Costa e Silva, o segundo militar a ocupar a presidência da República na época da ditadura.
No currículo de Carlos Eduardo publicado no site do Conselho Federal de Justiça (CFJ), chamam a atenção títulos, condecorações, medalhas por um ponto em comum: todos outorgados por militares.
 Em 25.08.99, foi agraciado pelo Comandante do Exército com a “Medalha do Pacificador” pelos serviços prestados ao Exército Brasileiro;
Agraciado, em 19.04.2000, pelo Senhor Presidente da República com a “Ordem do Mérito Militar”, Grau Oficial;
Agraciado, em 19.04.2007, pelo Senhor Presidente da República com a “Ordem do Mérito Militar”, Grau Comendador;
Agraciado, em 14.10.2009, pela Procuradora-Geral da Justiça Militar com a “Ordem do Mérito do Ministério Público Militar da União – Alta Distinção”;
Agraciado, em 21.10.2016, pelo Senhor Presidente da República com a “Ordem do Mérito Aeronáutico”, Grau Comendador;
Agraciado, em 23.11.2016, pelo Comandante da Marinha com a Medalha Amigo da Marinha.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIA INTERNACIONAL DA SÍNDROME DE DOWN

PARA O ÚLTIMO DIA DO ANO!!

NÃO EU!!