O COERENTE LÁZARO!!


OI GENTE.

MT COERENTE A POSTURA DE LÁZARO RAMOS AO DECLINAR DA EFEMÉRIDE OFERECIA PELO SENADO, COMENDA ABDIAS NASCIMENTO. A REFERIDA COMENDA FOI INSTITUÍDA pela Resolução nº 43, de 22 de novembro de 2013 do Senado FederalAbdias Nascimento (1914-2011) foi um poeta, atorescritordramaturgo, artista plásticoprofessor universitáriopolítico e ativista dos direitos civis e humanos das populações negras.
Foi professor emérito na Universidade do Estado de Nova York, em Buffalo, NY e professor titular de 1971 a 1981, fundando a cadeira de Cultura Africana no Novo Mundo no Centro de Estudos Porto Riquenhos; atuou como conferencista visitante na Escola de Artes Dramáticas da Universidade Yale; foi professor convidado do departamento de Línguas e Literaturas Africanas da Universidade de Ife, em Ile Ife, Nigéria.
Considerado um dos maiores expoentes da cultura negra no Brasil e no mundo, fundou entidades pioneiras como o Teatro Experimental do Negro (TEN), o Museu da Arte Negra (MAN) e o Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros (IPEAFRO). Foi um idealizador do Memorial Zumbi e do Movimento Negro Unificado (MNU) e atuou em movimentos nacionais e internacionais como a Frente Negra Brasileira, a Negritude e o Pan-Africanismo
O NOME DISTO É CONSCIÊNCIA .

Lázaro Ramos rejeita homenagem do Senado por causa do “momento do país”

Mauricio Stycer


lazaroramos
Um dos agraciados com a “Comenda Abdias Nascimento” em 2016, a ser entregue este mês, Lázaro Ramos decidiu não aceitar a homenagem. Em email enviado na última sexta-feira (4) à comissão do Senado responsável por escolher os homenageados, o ator informou que neste momento do país não se sente “confortável e nem desejoso de nenhuma homenagem”.

Escreveu o ator: ''Recuso essa homenagem na esperança de que tenhamos consciência de que o importante não é o aplauso pelo que foi feito e sim o próximo passo a ser dado”.
Criada em 2013 para homenagear os que “contribuem para a proteção e promoção da cultura afro-brasileira”, a comenda é entregue, em novembro, em data próxima ao Dia da Consciência Negra (20), a cinco pessoas ou organizações.
Este ano, a terceira edição escolheu, além de Lázaro Ramos, o Instituto de Mulheres Negras de Mato Grosso, o cantor e compositor Lazzo Matumbi, a atriz Zezé Motta e, in memorian, o músico Naná Vasconcelos (1944-2016). A reunião que decidiu os agraciados foi realizada no último dia 14 de junho.
O senador Paulo Paim (PT-RS), presidente da comissão da Comenda Abdias Nascimento, divulgou a mensagem recebida por Lázaro Ramos em seu site, dizendo que a respeita. Escreveu Lázaro:
“Abdias do Nascimento foi um homem que estava na trincheira da luta pelos direitos da população negra e menos assistida do país.
Tem uma história de luta que é referência para todos nós que queremos um país mais igualitário.
Neste momento não me sinto confortável e nem desejoso de nenhuma homenagem pois acho que o momento do país é de conscientização, de organização para compreender em que momento histórico estamos e quais passos precisamos dar para fazer com que a tão sonhada igualdade aconteça um dia de verdade.
Então, por esse motivo, recuso essa homenagem na esperança de que tenhamos consciência de que o importante não é o aplauso pelo que foi feito e sim o próximo passo a ser dado”.
Procurado pelo blog, Lázaro Ramos confirmou as informações divulgadas pelo senador Paim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIA INTERNACIONAL DA SÍNDROME DE DOWN

PARA O ÚLTIMO DIA DO ANO!!

NÃO EU!!