A VOLTA!!

OI GENTE.

SEI Q ESTOU EM DÉBITO COM TDS. PROMETI RETORNAR DIA 03,MAS NÃO DEU. 
TB NÃO ENCERREI AS POSTAGENS SOBRE AS FÉRIAS EM CANINDÉ DE SÃO FRANCISCO/ARACAJU. PROMETO POSTAR SOBRE A VIAGEM E SOBRE OS ACONTECIMENTOS DO BRASIL EM OUTRAS INSERÇÕES AQUI. 
HJ PRECISAREMOS FALAR SOBRE O VASCO. PRECISO. FOSSE ESSA DÉCIMA DERROTA NO PRIMEIRO TURNO, O VASCO NÃO VOLTARIA PARA A SÉRIE "A".FORAM QUATRO DERROTAS APENAS NO PRIMEIRO TURNO. EM PELOTAS, O TIME SOFREU O PRIMEIRO TEMPO COM O BRASIL EM MODO ACELERADO(O MESMO DO VDOGAMEKKKK), CHEGOU AO EMPATE NO INICIO DO SEGUNDO TEMPO E SE DEU POR SATISFEITO. O RESULTADO VEIO NO FIM DO JOGO QD TOMOU O 2X1. O TIME ESTÁ MAIS DISTANTE DO TÍTULO, VAI VOLTAR COMO VICE CAMPEÃO E DETENTOR DE UM FUTEBOL TOSCO, MEDONHO E PEQUENO. RESTANDO QUATRO JOGOS, ESSE ELENCO ATUAL DO VASCO TERÁ QUE SE DESDOBRAR PARA HONRAR A HISTÓRIA DO CLUBE NESTE FINAL DE SÉRIE "B".




Jorginho lamenta por "gordura" perdida, time desatento e título dificultado
7

Do UOL, em São Paulo


  • O treinador do Vasco avalia que a equipe pecou na falta de efetividade contra o Brasil
    O treinador do Vasco avalia que a equipe pecou na falta de efetividade contra o Brasil





O Vasco continua longe da liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de perder para o Brasil de Pelotas por 2 a 1 na 34ª rodada, a equipe ainda viu os minutos finais da vitória do Atlético-GO sobre o Goiás, que manteve o Dragão na ponta da tabela. Muito pouco para o time que ocupou a primeira posição até a 28ª rodada.
"Perdemos a gordura que tínhamos e agora a coisa está bem apertada. Hoje a certeza é que temos que subir. Título dificultado", lamentou Jorginho. O tom de sua entrevista coletiva denunciava as preocupações do treinador cruz-maltino. Seis pontos separam o clube do concorrente goiano. O Náutico, por sua vez, é o primeiro time fora do G-4 e tem quatro a menos.
A equipe xavante saiu na frente no marcador aos 26 minutos do primeiro tempo, quando Diogo Oliveira acertou um belo chute de fora da área e abriu o placar. Douglas Luiz chegou a empatar no começo da etapa complementar, aos três, mas Marcos Paraná definiu a vitória do Brasil de Pelotas aos 41.
"O Brasil é muito forte na bola parada, sabíamos disso. Tivemos desatenções. Não esperávamos tomar o gol aos 45 minutos. O primeiro tempo foi ruim, jogamos só na vontade. Sem criatividade nenhuma e sem posse de bola, que é o nosso forte", explicou.
"No segundo tempo melhoramos, mas não fomos efetivos. Enquanto isso, eles finalizaram várias vezes. Quando a partida estava definida, tomamos o gol", concluiu. O Vasco volta a campo na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), em São Januário, onde recebe o Luverdense.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIA INTERNACIONAL DA SÍNDROME DE DOWN

VAI QUEM QUER??

PARA O ÚLTIMO DIA DO ANO!!