Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 25, 2012

DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A AIDS.

PISOU NA BOLA!!

FELIPÃO BOLA FORA : "NÃO QUER PRESSÃO, VAI TRABALHAR NO BANCO DO BRASIL"

FELIPÃO FOI INFELIZ NA FRASE, AGORA, GUEEEEENTA!
Jornal do Brasil


PUBLICIDADE

Em sua primeira entrevista à frente da seleção brasileira que participará da Copa do Mundo de 2014, o técnico Luiz Felipe Scolari já começou a criar polêmica. Ao falar sobre a pressão que os jogadores vão enfrentar na competição, ele disparou: "Nossos jogadores sabem que seria um dos títulos mais importantes que o Brasil já conquistou. Tem que trabalhar bem esse aspecto. Se não quer pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil, senta no escritório e não faz nada." O Banco do Brasil divulgou nota classificando a declaração como "infeliz" e "preconceituosa". A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro também criticou a frase, destacando que o técnico "desrespeitou os trabalhadores bancários". Leia a nota do Banco do Brasil:
"O Banco do Brasil, junto com todo o povo brasilei…

SEM COMENTÁRIOS!!

STF beneficia Roberto Jefferson com redução de um terço da pena Reconhecido pela corte máxima do país como o delator do escândalo do “mensalão”, o presidente licenciado do PTB foi beneficiado com a redução de um terço de sua pena e cumprirá sete anos e 14 dias em regime semiaberto. Seu advogado, Luiz Francisco Corrêa Barbosa, anunciou que irá recorrer. “A Constituição diz claramente que um parlamentar é inviolável civil e criminalmente por seus votos,” argumentou.

OPERAÇÃO PORTO SEGURO

Oposição quer ouvir envolvidos na operação Porto Seguro no Congresso

Por Jeferson Ribeiro
BRASÍLIA, 26 Nov (Reuters) - Os partidos de oposição ao governo se articulam no Congresso para ouvir os servidores federais que estão sendo investigados pela operação Porto Seguro, da Polícia Federal, mesmo após a determinação da presidente Dilma Rousseff para exonerar e afastar os envolvidos. A operação Porto Seguro foi deflagrada na sexta-feira e investiga o envolvimento de servidores do Executivo e de agências reguladoras num esquema que obtinha pareceres técnicos fraudulentos que eram vendidos para empresas interessadas. A PF cumpriu mandados de busca e apreensão em órgãos do governo federal e inclusive no escritório da Presidência da República em São Paulo e deteve três pessoas. Também foram indiciadas 18 pessoas, entre elas a chefe de gabinete da Presidência em São Paulo, Rosemary Novoa de Noronha, e o advogado-geral adjunto da União, José Weber de Holanda Alves. Os dois foram exonerados de…

DILMA E LULA-FINAL

CONTINUANDO...

Dilma e Lula tem juntos 45% das intenções espontâneas de voto para 2014.
A taxa de desemprego em setembro foi a menor para o mês dos últimos dez anos: 5,4%, segundo o IBGE.
A massa salarial (novas vagas + aumento real de poder de compra) cresceu quase 5% acima da inflação nas regiões metropolitanas, entre julho e outubro.
Apesar da frágil capacidade de indução estatal e da inexistência de planejamento público, em setembro os investimentos do PAC 2 atingiram 40,4% da meta prevista para o período 2011- 2014.
Quase R$ 386 bi foram aplicados nesse meio tempo em obras de infraestrutura e logística social e urbana.
Distinguir-se daquilo que seria o Brasil se o conservadorismo persistisse no governo é confortante. E pedagógico. Mas não suprime os desafios que a economia tem pela frente, marmorizados na luta pela sucessão.
O arsenal econômico acionado não é suficiente. O grosso do investimento do PAC concentra-se na construção civil (1,9 milhão de casas contratad…

DILMA E LULA-I

Dilma e Lula tem juntos 45% das intenções espontâneas de voto para 2014. O conservadorismo personificado em Serra e Aécio, e a alternativa verde estampada em Marina Silva, adicionam ao balaio oposto 9% de menções.

A maiúscula atrofia do campo conservador explode na pesquisa do Ibope divulgada neste domingo. Não por acaso apresentada sob a pátina de uma irrelevante ultrapassagem de quem deixou o governo há dois anos por quem ainda o exerce.

O fato esférico é que a 24 meses das urnas presidenciais, 55% dos eleitores tem um nome de preferência estabelecido. Em 2010, oito meses antes do pleito, 52% dos eleitores não tinham candidatos (23% mencionavam Lula, inelegível).

Hoje, quatro em cada cinco referendam o bloco de forças progressistas que comanda a sociedade e o desenvolvimento do país desde 2003.

Um discernimento tão antecipado não significa voto líquido. Mas a musculatura de largada ilumina uma desvantagem que explica, e explicará cada vez mais, os métodos da tentativa conservad…